Aleatoriedade #3: Minha opinião de bosta sobre MERITOCRACIA

Eu sinceramente não entendo esse auê acerca da meritocracia. Parece que todo mundo se contorce ao ouvir essa palavra tanto quanto eu me contorço quando me chamam de reaça, de direita, de conservador (politicamente, sou liberal). Enfim, meritocracia é algo tão simples que eu nem deveria ter escrito um textão do tamanho do mundo há uns tempos atrás, então resolvi reescrever com foco e, se possível, simplicidade. SPOILER: Falhei e o texto ficou maior que o anterior, mas o foco ficou muito melhor.

O dicionário explica isso tudo facilmente. Se vocês que estão lendo preferem dar outro sentido à palavra, problema de vocês. Mas vamos resolver isso de maneira fácil, rápida e indolor. Começaremos decompondo a palavra. Meritocracia = mérito + cracia, ok? Qualquer um que já tenha estudado português sabe que -cracia indica governo, doutrina. Então, meritocracia seria algo como “governo do mérito”.

E o que diabos é mérito? Vejamos…

Mérito. Aquilo que faz com que uma pessoa seja digna de elogio, de recompensa; merecimento. Qualidade apreciável de uma coisa ou de uma pessoa.

Continuar lendo “Aleatoriedade #3: Minha opinião de bosta sobre MERITOCRACIA”

Anúncios
Aleatoriedade #3: Minha opinião de bosta sobre MERITOCRACIA

Um ano sem Jules. #JB17

(originalmente postado no meu facebook.)

Esse é um tipo de post que eu não gosto de escrever. É amargo demais. A gente que ama velocidade sabe que apesar da grande paixão por correr há riscos envolvidos. É uma faca de dois gumes. E meus olhos estão suando.

We miss you, Jules.

belgium_f1_gp_auto_ra_amar_1
Jules Bianchi na coletiva de imprensa pré-GP da Bélgica de 2014. (Foto: Reuters)

Continuar lendo “Um ano sem Jules. #JB17”

Um ano sem Jules. #JB17

Aleatoriedade #2: Meritocracia, Mercedes, mercado, música ruim e minha opinião de bosta

Alô!
Textão à vista!

Outro dia eu vi um post no grupo do Facebook chamado “F1 – Fórmula 1 Brasil“, cujo nome explica sobre o que é o grupo, e o post falava sobre meritocracia. Lá, o autor do post dizia:

“Segundo a logica da meritocracia, o Stevens tem as mesmas chances de ser campeão que o Hamilton BASTA ELE SE ESFORÇAR!”

hamilton-stevens

Depois ele editou e acrescentou o seguinte: “Exclarecimento: o sentido em que dei (quis dar) a postagem foi que NA TESE se a manor se esforçar teria os mesmos resultados da mercedes e foi NESTE SENTIDO que eu mencionei a meritocracia. E nao eu nao estou criticando a ideologia de vida de ninguem voces e que nao tinham entendido antes”

Ê diacho… lá vem confusão.

Continuar lendo “Aleatoriedade #2: Meritocracia, Mercedes, mercado, música ruim e minha opinião de bosta”

Aleatoriedade #2: Meritocracia, Mercedes, mercado, música ruim e minha opinião de bosta