Segundamente #2: Contra o em-vão-gelicalismo e a favor de um avivamento real!

Hey!
Em princípio, o começo desse post pode parecer apenas um monte de esbravejos. Esse início do texto foi escrito já tem um tempo, porém ainda o julgo verdadeiro, e gosto do seu teor confrontador. Então, pra ficar mais completo, escrevi mais coisas do meio pro final, mas ficou BEM grande, viu. Procure tempo se quiser ler.
Então, lá vai:

Segundamente #2: Contra o em-vão-gelicalismo e a favor de um avivamento real!

“Enquanto as mulheres chorarem, como choram agora, eu lutarei;
Enquanto criancinhas passarem fome, como passam agora, eu lutarei;
Enquanto homens passarem pelas prisões, entrando e saindo, entrando e saindo,
Como eles o fazem agora, eu lutarei;
Enquanto há um bêbado remanescente,
Enquanto há uma pobre menina perdida nas ruas,
Enquanto restar uma alma que seja nas trevas, sem a luz de Deus — eu lutarei,
Eu lutarei até ao último instante.”
– General William Booth, fundador do Exército da Salvação, na sua última pregação.

“O milagre do avivamento é bem semelhante ao de uma colheita de trigo. Ele desce do céu quando crentes heróicos entram na batalha decididos a vencer ou morrer — e, se for necessário, vencer e morrer. ‘O reino dos céus é tomado por esforço, e os que se esforçam se apoderam dele.'”
– Charles Finney

Continuar lendo “Segundamente #2: Contra o em-vão-gelicalismo e a favor de um avivamento real!”

Anúncios
Segundamente #2: Contra o em-vão-gelicalismo e a favor de um avivamento real!

#FlashbackFriday #4: O primeiro rock a gente não esquece!

Depois de duas semanas de muita nostalgia no blog Dialetos & Coisas Boas e preparando um post pro portal O Propagador, relembrando os 10+ que saíram há 10 anos atrás (e ainda esquecemos muita coisa boa 😦 ), escrevendo fofurice, algo que eu raramente faço, e ~principalmente~ relembrando o primeiro momento marcante com alguma arte, acabei tendo a ideia pra esse #FF.

It’s flashback time, baby!
Vamo nessa.

#FlashbackFriday #4: O primeiro rock a gente não esquece!

John says to live above hell…

2000.
O novo milênio.
O bug do milênio.
E o Phil com 6 anos, tão inocente quanto John Mayer em “83”. Ouvidos ainda noobs, mas que dariam um passo (ou uma ouvida) importante.
Ah meus amigos, a primeira vez a gente nunca esquece!
Continuar lendo “#FlashbackFriday #4: O primeiro rock a gente não esquece!”

#FlashbackFriday #4: O primeiro rock a gente não esquece!

#FlashbackFriday #3: A Marrom, o Nintendinho e o MegaMan – Alcione

Oi! Agora estou OFICIALMENTE de férias da faculdade!
Só que não, consegui um PIBIC (iniciação científica). Yay, graças ao bom Deus!
Agora vou ter ainda mais trabalho na vida, mas pelo menos é do jeitinho que eu quis desde bastante tempo. E quem sabe seguir carreira acadêmica… ou não.
Bem, o futuro a Deus pertence, Ele já passeou por lá. Eu fico só na fé e no aguardo.

Vamos lá pra esse retorno, depois de tanto tempo sem post?

#FlashbackFriday #3: A Marrom, o Nintendinho e o MegaMan – Alcione

Quem diria que dá pra juntar um CRÁSSICO do Samba e do MPB com um videogame japonês, sem usar mod’s, mas apenas a criatividade de uma criança? E quem diria que um garoto costumeiramente ruim em games pudesse mandar tão bem em pelo menos um deles… de uma hora pra outra?

Esse, meus amigos, é o poder da inspiração pela música. (ou de repente é só sorte mesmo, huahuahuahua!)

Mas de qualquer forma, eu me orgulho em dizer: foi culpa da minha mãe! 😀
(feliz dia dos pais, mamãe 🙂 )

Continuar lendo “#FlashbackFriday #3: A Marrom, o Nintendinho e o MegaMan – Alcione”

#FlashbackFriday #3: A Marrom, o Nintendinho e o MegaMan – Alcione