#UFC189, Parte 2: Nem tudo na vida são flores…

Opa. No post anterior, fiz uma looonga análise do evento UFC 189, especificamente das lutas em si. Nesta parte, falarei do que o UFC quis trazer, na verdade, através desse evento, e das implicações das mudanças. Sendo mais específico: falarei da Era Reebok e de otras cositas mas. As polêmicas, os pontos cruciais, as zoeiras (claro, tem que ter) e etc e tal.

Nem tudo na vida são flores; apesar das incríveis lutas que tivemos, tem mais coisa por trás. Vamo nessa?

Na verdade o UFC promoveu esse evento como, de fato, um novo capítulo na história da franquia. A Era Reebok, onde a marca inglesa fará todos os uniformes, e não haverá mais patrocínios dentro do octógono e em eventos oficiais do UFC. Isso é algo muito polêmico, e eu acho bem ruim. Os lutadores perderão muita grana sem poder mostrar as marcas dos patrocinadores, porque não é vantagem pra nenhum patrocinador dar grana sem se mostrar pro mundo. Podia pelo menos manter os banners, mas vamos ver como isso se desenrolará, especialmente pros lutadores que tem poucas lutas sob as marcas UFC/WEC/Strikeforce. Pra quem não entendeu, saca só a imagem abaixo:

Quer dizer… 2500 dólares por luta pra quem acabou de estrear no UFC! Mesmo que seja um grande lutador! Os caras lutam 2 ou 3 vezes no ano, isso quando não se lesionam. Ou alguém acha que Eddie Alvarez e Henry Cejudo (este último medalhista de ouro olímpico), meio que recém-chegados no UFC, ficarão felizes de receberem 2,500 dólares como patrocínio, sendo que em seus últimos combates podem ter levado até trina ou quarenta vezes esse número? Custo do atleta é com material de treino, com pagamento na academia — treinadores, coaches, nos camps pra uma luta tem os treinadores particulares, eventualmente tem materiais a comprar e viagens para lugares específicos –, com médicos, com a imagem do lutador, com as próprias contas dele, etc e tal. Tem lutador que gasta 2 mil a 3 mil só em um camp, e pra quem não sabe, camps duram 2~4 meses. Fora a grana que ele tem que usar pra sobreviver normalmente.

“A verdade é que Dana White, presidente do UFC, e companhia só estão passando por esse perrengue porque acreditam que ter uma empresa única cuidando de todo o elenco do UFC fará a diferença no futuro e será um passo na direção de fundir o nome da sua organização com o do esporte. É como fazem ligas americanas como a NBA (Adidas), NFL (Nike) e até a Major League Soccer (Adidas). ‘Não é diferente de nenhuma das grandes ligas. Jogadores de basquete e futebol americano têm seus patrocinadores pessoais fora da NBA e da NFL. Não é nada novo. O UFC está apenas chegando a esse nível de profissionalismo’, argumentou Dana White. Parece claro que a organização terá que se desdobrar (seja com bônus por fora ou contratos mais polpudos) para satisfazer os atletas que contam apenas com patrocínio pontual, mas que normalmente ganham muito mais do que a estrutura da Reebok lhes dará. Ou então UFC poderá estar dando um próprio tiro no pé, já que, diferente de qualquer uma liga esportiva, lutadores não são pagos mensalmente.” – Blog Sexto Round.

É um tema polêmico e eu fico triste pra caramba com isso. Mas, é uma empresa particular, vamos prosseguindo, não há muito o que fazer, certo? Felizmente, só nessa metade de 2015 o UFC já vendeu mais PPV do que o ano inteiro de 2014. Isso é um fato incrível para essa franquia. Só espero que resolvam essa questão do pagamento.

Eu sou politicamente Liberal Clássico. Torço o nariz quando falam de sindicato. Mas o pior é que tá parecendo que os lutadores vão ter que montar um pra resolver suas questões… tá difícil, tá tenso, senhoras e senhores!

Bem. Deixemos o futuro nos mostrar o que será dos atletas, do UFC e dos fãs. Até mais!

Anúncios
#UFC189, Parte 2: Nem tudo na vida são flores…

Comenta aí, ó! :D

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s